Mineira

Em comemoração ao meu niver, resolvi atualizar a página do meu perfil… =)IMG_0490

Me chamo Priscila, tenho 25 anos (pra sempre agora, como já dizia um grande chefe meu =D), nasci em Formiga-MG, mas logo bebê me mudei para Belo Horizonte, onde cresci, e por isso me considero de lá. Sempre fui uma criança bem ativa, daquelas que fazem 30 aulas durante a semana, tipo natação, teclado, violão, ballet clássico, sapateado… Além disso comecei bem cedo no inglês, e depois no espanhol, o que fez abrir minha mente para os idiomas, e o que acredito me ajudar a ter tanta facilidade nessa disciplina. Cursei Administração em BH, curso que acredito ter sido de grande valia para o entendimento macro do funcionamento e interação das várias “empresas” da vida. Quero fazer outro curso ou uma pós numa área de meu interesse, mas ainda não sei qual, pois preciso refletir melhor sobre meus interesses e prioridades. Já trabalhei com meus pais, já dei aulas de inglês e espanhol, e já fui compradora e planejadora numa grande empresa aérea. Hoje em dia estou vivendo na Suécia, país da pessoa que escolhi para partilhar minha vida em sua companhia. Vim para esses lados por uma dificuldade de ajustamento com meu país natal, pelas melhores oportunidades e qualidade de vida.

Pra quem quiser conferir como conheci meu viking segue uma entrevista que fizemos recentemente:

http://www.youtube.com/watch?v=sNp-KIA7k5c

Agora vou responder algumas perguntas num post que encontrei num dos blogs que leio:

1. Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos tem?

Em alguns momentos pareço ter 4 anos, já em outros 70, com muita experiência, ponto de vista bem claro e capacidade de análise.

2. O que é pior, fracassar ou nunca tentar?

Nunca tentar. Fato. Todos fracassamos em algum momento de nossa vida, faz parte do nosso aprendizado. Mas se nunca tentarmos, nunca saberemos, e a dúvida é a pior inimiga do sucesso.

3. Se a vida é tão curta, por que a gente faz tanta coisa que não gosta e gosta de tantas coisas que não fazemos?

É a relatividade do tempo. Achamos que nossos momentos felizes são menos que os tristes, mas simplesmente porque nos esquecemos das pequenas alegrias que estão presentes na nossa vida todo o tempo. Um sorriso, um pôr do sol, uma brisa fresca num dia bem quente.

4. Depois que tudo for dito e feito, você terá dito mais ou feito mais?

Espero que tenha feito mais, pois acredito no aprendizado pelo exemplo.

5. Cite uma única coisa que você gostaria de mudar no mundo.

Gostaria de retirar toda a intolerância e desrespeito à diversidade humana.

6. Se a felicidade fosse a moeda do país, que tipo de trabalho te faria rico?

Apresentadora de programa de viagens (viajante), tipo Anthony Bourdain e essa galera.

7. Você está fazendo aquilo em que acredita ou se acomodou com o que faz?

Estou em busca daquilo que acredito. Comodismo não rima com Pri.

8. Se a expectativa de vida fosse de 40 anos, em que isso mudaria sua vida?

Viajaria para os lugares que ainda não conheço e tenho vontade de conhecer, comeria o que tivesse vontade, quando tivesse vontade, e tentaria demonstrar mais ainda a todas as pessoas que amo o quanto elas significam para mim.

9. Até que ponto você controlou o caminho que sua vida tomou até aqui?

Por enquanto a única coisa que tive controle até agora, foi na decisão de me mudar para a Suécia. Tudo o que houve antes e que me trouxe até a essa decisão foi puramente a vida seguindo o rumo que deveria seguir.

10. Você se preocupa em fazer certo as coisas ou fazer as coisas certas?

Os 2. Quando faço algo, quero fazer o melhor que puder. E sempre tento fazer as coisas certas, conforme aquilo em que acredito.

11. Você está almoçando com três pessoas que respeita e admira. Todas elas começam a criticar um amigo íntimo seu, não sabendo que é seu amigo. A crítica é injusta e de mau gosto. O que você faz?

Tento reverter a situação expondo todos as boas características desse meu amigo, mas todos têm direito à uma opinião.

12. Se você pudesse dar um único conselho a um recém-nascido, qual seria?

Volta pra barriga da mamãe, porque o bicho tá pegando aqui fora! Rsrs

13. Você passaria por cima de uma lei para salvar uma pessoa amada?

Depende. Salvar de que? O que essa pessoa fez? Bem relativa essa pergunta.

14. Você já viu loucura onde depois viu criatividade?

Claro! Tudo criativo tem um pouco de loucura.

15. Há algo que você sabe que faz diferente das outras pessoas? O que é?

Cookies. Meus cookies com gotas de chocolate são os melhores do mundo. Até hoje nunca comi algo parecido.

16. Por que o que te faz feliz não faz todos felizes necessariamente?

Porque somos todos diferentes, com opiniões e ambições diferentes.

17. Cite uma coisa que você ainda não fez mas que quer MUITO fazer. O que te impede?

Ter minha casa, com minhas coisas e minhas regras. O que me impede é falta de grana.

18. Você está se prendendo a algo que não deveria?

Nope.

19. Se você tivesse que mudar de estado ou país, para onde iria e por quê?

Acabei de fazer isso, e lá em cima já disse o porque.

20. Você aperta o botão do elevador mais de uma vez? Tem certeza de que isso acelera o elevador?

Aperto! Não sei se acelera, mas se estiver com pressa é fato que vou ficar buzinando o botão.

21. Você preferiria ser um gênio preocupado ou um Zé-ninguém feliz?

Zé-ninguém feliz 100000 vezes.

22. Por que você é quem você é?

Por causa da educação que tive e das experiências que vivi até hoje.

23. Você tem sido o tipo de amigo que gosta de ter como amigo?

Acredito que não.

24. O que é pior, quando um bom amigo vai pra longe ou perder o contato com um amigo que mora bem próximo de você?

Perder contato com alguém que algum dia já foi um grande amigo para mim, por preguiça, falta de tempo ou outras bobagens.

25. Cite algo pelo qual você é mais grato.

Por ter encontrado alguém que me ama, entende, respeita, perdoa e me faz feliz.

26. Você preferiria perder suas velhas recordações ou nunca poder construir memórias novas?

Prefiro não ter novas, pois minhas velhas recordações são o que tenho de fato, e são elas que me fazem sorrir quando lembro do passado. O que tenho do futuro? Nada.

27. É possível saber a verdade sem antes questioná-la?

Não. Tudo é questionável, e com a melhor argumentação pode se tornar a verdade.

28. O seu maior medo já se concretizou?

Não.

29. Você se lembra de algo que te deixou extremamente aborrecido há 5 anos? Hoje, aquele episódio importa?

Sim. Não importa mais, nada como o tempo para cicatrizar feridas do passado.

30. Qual é sua memória da infância mais querida? O que a faz tão especial?

Tenho algumas. Tomar ovo cozido (líquido) na casca que minha avó fazia. Andar de bike por Formiga com meus primos. Assistir TV Colosso e Os Trapalhões antes do almoço, antes de ir pra aula. Jogar vídeo game com a Marisa e ver ela pulando junto com o Mickey em cima dos fantasmas na fase da floresta assombrada hahahaha. O nervosismo antes de uma apresentação de ballet do fim do ano, e a satisfação quando terminamos e todos aplaudiam. São todas memórias que tenho bem claras na minha mente e me fazem feliz.

31. Quando no seu passado recente você se sentiu mais vivo e intenso?

Quando peguei o metrô sozinha em Gubbängen para ir para Stockholm encontrar com as blogueiras. Rsrs

32. Se não agora, quando?

Ahn? Kkkk

33. Se você ainda não alcançou o que quer, o que tem a perder?

Grana!!!

34. Você já esteve com alguém, não disse nada, e saiu com a sensação de que teve a melhor conversa da sua vida?

Que eu nunca tenho dito nada acredito que não, mas a troca de experiências e sentimentos sinceros quando converso com alguém, é algo que não tem preço.

35. Por que religiões que pregam o amor causam tantas guerras?

Porque as pessoas ainda não entendem que todos são diferentes e tem direito a opiniões diferentes. É essa não-aceitação que causa guerra.

36. É possível saber, sem sombra de dúvida, o que é bom e o que é mau?

Muito difícil essa pergunta. O bem e o mau são relativos.

37. Se você ganhasse 1 milhão de dólares, largaria o seu emprego?

Não tenho um pra largar no atual momento hahaha. Mas se estivesse fazendo algo que não gostasse, com certeza. E procuraria fazer algo que me fizesse feliz.

38. Você preferiria ter menos trabalho ou mais trabalho em algo que realmente goste?

Mais trabalho em algo que goste. A realização e o reconhecimento são muito importantes para mim.

39. Você sente que viveu este mesmo dia 100 vezes?

Não, pois é meu segundo aniversário na Suécia! =)

40. Quando foi a última vez que você entrou na escuridão com apenas uma vaga luz de idéia de algo em que você acreditava?

Quando nasci. A vida é uma escuridão, e vivemos cada momento sem saber o que virá. Somente nos baseamos em nossos valores e no que acreditamos para continuar fazendo escolhas em nosso caminho.

41. Se todos seus conhecidos morressem amanhã, quem você visitaria hoje?

Minha família.

42. Você concordaria reduzir sua vida em 10 anos para ser super atraente ou famoso?

No way! Que pergunta…

43. Qual é a diferença em estar vivo e viver plenamente?

Todos estamos biologicamente vivos. Psicologicamente alguns estão mortos. Quem vive plenamente é alguém que não desperdiça oportunidades de ser feliz.

44. Quando vai ser o tempo de parar de calcular os riscos e apenas seguir adiante e fazer o que é certo?

O tempo todo! Tudo tem seu risco.

45. Se aprendemos com nossos erros, por que temos tanto medo de errar?

Eu não tenho medo de errar. Se errar, errei. Assumo meu erro, e parto pra próxima.

46. O que você faria diferente se soubesse que ninguém te julgaria?

Não faria nada diferente. Tudo o que fiz, me fez quem eu sou hoje, e estou feliz com isso.

47. Quando foi a última vez que você reparou no som da sua respiração?

Antes de ontem no meu passeio pela floresta aqui perto.

48. O que você ama? Suas ações recentes refletem este amor?

Amo estar com as pessoas que gosto, viajar para lugares maravilhosos e ricos em cultura, degustar comidas deliciosas, e ter liberdade de escolha.

49. Daqui a 5 anos, você vai lembrar do que fez ontem? E ante-ontem? E o dia anterior?

Acredito que não.

50. As decisões são feitas agora. A pergunta é: você está decidindo por si só ou deixando que outros decidam por você?

Decido por eu mesma, e assumo todas as consequências dos meus atos.

Anúncios

5 thoughts on “Mineira

  1. Muito interessante esse quiz e caraca hein guria? Tu tem a manha com a paciência… sei lá se eu responderia 50 perguntas. Curti muito conhecer um pouco mais de você! Você é muito segura em suas escolhas.
    Quanto a questão 26, que coisa difícil não? Não gostaria de abrir mão de minhas recordações, assim como você, mas não sei se escolheria não poder recordar coisas novas… em 10 anos não teria recordações se não as que fossem muito velhas?? Coisa bem louca essa, sorte que são apenas hipóteses…
    Um abraço!

    • hehehe Legal isso né Maria? E sei lá… Fui respondendo o que vinha na minha cabeça enquanto lia, e nem demorei tanto assim.. Não fiquei mentalizando e pensando na resposta perfeita… A questão 26, bom, se perdêssemos todas as nossas recordações passadas, quem seríamos? Não seríamos nós mesmos… É claro que seria péssimo não poder recordar tudo de novo que acontecer, mas tendo que escolher, eu seria feliz vivendo e recordando tudo o que vivi até hoje… Cabuloso né?! Aproveitando a deixa, fica a dica para 2 filmes que tratam desse assunto: 50 First Dates e Eternal Sunshine of the Spotless Mind.. Eu como cinéfila tive que lembrar desses 2 filmes bacanas que falam exatamente disso…

      Bjoks!

  2. Olá tudo bem? Em que lugar da suécia vc mora? Estou me mudando em junho e gostaria de conversar com brasileiros que já estao morando aí…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s