Indo à escola…

Eu já tinha dito no post anterior que as minhas aulas de sueco haviam começado na escola que é uma espécia de supletivo do ensino fundamental e médio. Lá estrangeiros e suecos podem completar seus estudos com aulas de inglês, religião, estudos sociais, matemática e é claro, sueco. Esse é o próximo passo pra quem está aprendendo sueco como eu e quer continuar estudando após o SFI (primeiro curso de sueco básico para estrangeiros). Comecei lá as aulas, com alguns colegas e professores que já conhecia, mas continuei achando tudo muito simples e um tanto quanto monótono para mim. Como sempre, quero desafios e complicações para a minha vida rsrs. Daí, desde a primeira vez que fui ao Arbetsförmedlingen (agência de empregos) tenho um papel sobre um curso nas universaidades daqui chamado Korta Vägen (atalho, em sueco) que é direcionado para estrangeiros com nível acadêmico em seu país de origem, para continuar os estudos de sueco e ainda ter outras aulas que podem ajudar numa colocação no mercado de trabalho da Suécia. Então pensei assim: se não consigo um trabalho agora faço esse curso e concluo com um estágio, que é uma parte do curso e talvez um emprego no futuro, e faço o tal do supletivo junto à distância para ter minhas notas em sueco e poder voltar a universidade no futuro. Ou se consigo um emprego, continuo só com o supletivo à distância mesmo.

Hoje foi meu primeiro dia de aula no tal Korta Vägen, pois ontem tive que voltar a Gotemburgo para mais uma entrevista na empresa que eu estava participando do processo seletivo. Eu e Andy pegamos as bikes, num friozinho básico de 3, 4 graus pela manhã e fomos para a estação de ônibus pegar o busão que saía às 7:10. Estou desacostumadíssima a acordar nesse horário.. Já na facul, não é que eu achei as aulas simples, mas achei meio enrolação. Na aula de sueco hoje a professora começou falando de substantivos… Tipo, eu já estudei isso no SFI, e já sei as regras… E tive uma aula de gruppsykologi (psicologia de grupo), que putz, chato viu… Só faltou eu cochilar na aula… Enfim, fui esperando algo num nível um pouco acima do SFI e do grundvux (supletivo), e vi que é mais ou menos a mesma coisa… Só tenho mais aulas… Conheci gente de várias partes do mundo, estrangeiros qualificados, que como eu, buscam uma colocação no mercado de trabalho por aqui.

Na volta, às 16:30, pegamos o bus de volta para Nossebro.. No meio do caminho quem me liga? O carinha da empresa recrutadora… Dizendo o quê? Que eu consegui o emprego… A única empresa que simplesmente pelo meu CV e uma carta de apresentação, resolveu me chamar para uma entrevista e me conhecer.. E durante todas as entrevistas eu consegui mostrar quem eu sou e minhas expectativas, em sueco… Eu já postei esse vídeo no Facebook, mas ele resume bem qual a minha reação após saber que consegui um emprego..

Em busca da felicidade

Não é o que eu quero fazer pelo resto da minha vida, nem tem um salário excepcional, mas é o primeiro passo, tão batalhado por tantos aqui, suecos e estrangeiros, da minha carreira no país que escolhi viver. E após tão pouco tempo… Como um amigo disse: eu entrei no processo certo, na hora certa e tinha a capacidade necessária… A todos que torceram e torcem por mim aqui, o meu muito obrigada.. Todos as energias positivas são bem recebidas e são elas que me ajudam a ter forças para continuar.. Uma mensagem especial àqueles que me ajudaram mais diretamente… Rose, Gus, Lu e Marcos… Thank you guys so so much for the little time you spent writing the recommendation letters that I’m sure helped me on this achievement… Thank you for all your kind and honest words about me, I appreciate it from the bottom of my heart

Começo no novo trampo mês que vem e agora é torcer pra tudo dar certo e eu obter sucesso por lá! 😉

Bjinhos e abraços queridos de uma mineirinha feliz…

Anúncios

16 thoughts on “Indo à escola…

  1. Pri, que Jesus esteja adiante em todo sua caminhada, desembaraçando todo obstáculo, te protegendo e guiando… Sucesso e prosperidade… Capacidade vc possui de sobra, minha linda. Um bjo grande, saudades, Tia Lilian.

  2. Vô Zé: “Parabéns pelo seu esforço, pela conquista, que a vida é assim cheia de lutas, é preciso batalhar para vencer… Parabéns pela vitória, que seja somente o começo… Que Deus abençoe e abraço para vc e todos, melhor, sua nova família…”

  3. Hahahaha!
    Eu acho, modéstia a parte, que foi a torta de frango que deu sorte viu?
    A questão de você ter comido a torta depois da entrevista é só um detalhe!!! Hahaha!
    Eu fico super feliz por ti, Pri, e espero que esse seu emprego corresponda as suas expectativas e que, realmente, funcione como uma porta de entrada! Que máximo, eu fico toda toda cheia de esperança!
    Abraços! A gte se vê em breve!!!

    • Com certeza foi o frango.. Eu sabia que tinha algo a mais naquela torta.. Rsrs brigadinha Maria! Nao se preocupe q vc tb vai achar seu caminho por aqui, tenha paciência e trabalhe em busca dos seus objetivos! Bjo grande!

    • Oi Rúbia! Saiu sim hehe… Feliz d+, tenho uma casa pra montar não é?! Eu nem tô comendo mais tanto godis, foi só no início qdo cheguei q tava com saudades… Meus problemas aqui são as porcarias de sal… Bjooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s